Dentro do Entre
Dentro do Entre
Com anelares e indicadores


quinta-feira, fevereiro 26, 2004  

Dizer-te sobre mim,
sobre o tempo em mim,
(schhhh, ouve, ouve)
o cantar dentro,
corpo remexido a desesperos quietos,
não tranquilos
mas parados,
e um correr desfeito
da palavra firme,
voz firme
(a agarrar dorida o anzol).
Não vás, não vás,
é que, percebe,
hoje tenho-me em outra carne que não a minha
reunindo-me no encontro disperso
que respira ainda
no difuso de linhas atadas,
e no dito colado a saliva
para que o ouvido o tenha, repetido,
enquanto se dobra a esquina do encontro.
O não estar
estando-se na mesma,
compreende,
sou-me, hoje,
em outra parte
e disse-te,
digo-to
em tom fechado
mas de pulso aberto.

posted by Cat S | 11:12 da manhã


quarta-feira, fevereiro 18, 2004  

Na mesa redonda
com relógio ao fundo
A forçar mais um pouco (mais um pouco)
a mão que alcança quando se estende,
toque a ser toque
não sendo mais nada
do que movimento contente
por ser recebido.

Na mesa redonda
com relógio ao fundo,
coisa que se faz sozinha
a acontecer devagar,
como caule.

Na mesa redonda
com relógio ao fundo
colagem meio teimosa ao que pára
ao que permanece,
a transpirar o cansaço todo de todos os caminhos
de que já se conhece o pó,
por nos arderem tanto os olhos.

Na mesa redonda
com relógio ao fundo,
Dedos apertados
com vazio entre,
porque se espera o que não se sabe,
sendo-se sombra
e sendo-se tempo
com forma dobrada
a pedir trilho certo
antes que se avance no passo.



posted by Cat S | 11:45 da manhã


segunda-feira, fevereiro 16, 2004  

Tive-te entre dedos
E não imagino outro Fim,
Fado,
Que não fosse o perder-te,
Ver-te longe do toque
E da mesa onde punhamos o queixo
E o final do dia.

A tua inevitabilidade, Afonso,
É seres de ninguém
Nem de ti mesmo,
Pertencendo ao que envolve,
Ao que está,
Sem revelação na forma
Ou no passo.

posted by Cat S | 6:32 da tarde
 

Novamente a ausência forçada e novamente de volta.:)

posted by Cat S | 3:26 da tarde


domingo, fevereiro 08, 2004  

Hoje, um dia muito especial.
Parabéns a mim e ao Seleno.

posted by Cat S | 2:55 da tarde

Archives

Content

Links

Mail